terça-feira, 19 de janeiro de 2010

Trabalho infantil

ERRADICAÇÃO DO TRABALHO INFANTIL: UMA ABORDAGEM EMPRESARIAL
(texto retirado e adaptado do site
http://www.webquestboladefutebol.com.br/atividade1_trabalhoinfantil.html

Meninas costuram bolas de futebol no PaquistãoG. Cabrera/ © International Labour Organization/www.ilo.org


O problema do trabalho infantil tem sido uma grande preocupação da Federação Mundial da Indústria de Artigos Desportivos (WFSGI) na última década. A WFSGI, com sede em Verbier, na Suíça, é uma associação independente criada em 1978 por fornecedores da indústria de artigos desportivos, associações nacionais de industriais e empresas de marcas famosas como Nike, Adidas, Reebok, New Balance, Puma, entre outras. Por isso, a Federação desempenha papel estratégico no apoio e na promoção do setor de produtos esportivos. E mais: proporciona um fórum em que os países da Europa, Ásia, América do Norte, América do Sul e Oceania podem cooperar na promoção da ética e do comércio livre e justo, bem como trabalhar para maximizar o bem-estar da humanidade por meio dos esportes. No âmbito da sua organização interna, a WFSGI trabalha em comissões que se reúnem regularmente no mundo todo. Uma dessas comissões – a Comissão de Ética e Comércio Justo (CEFT) – foi criada em 1995 pelo então presidente da WFSGI, Stephen Rubin. Seu objetivo era solucionar alguns dos problemas mais complexos com respeito a práticas comerciais éticas que estavam vindo à tona e também estabelecer um fórum em que o setor pudesse entender e analisar uma vasta gama de aspectos da responsabilidade social corporativa e implementar ações cabíveis.





Ex-trabalhadores infantis participam de manifestação em Nova Délhi , Índia, em 31 de maio de 2002, contra o uso de mão-de-obra infantil na fabricação de bolas de futebol - Manish Swarup, AP/WWP



Este vídeo sobre trabalho infantil produzido pela International Labour Organization (ILO) apresenta imagens reais com crianças em situação de exploração nas atividades de tecelagem, produção de carvão, tijolos, campos de arroz, extração de minério, pesca, prostituição e várias outras em diferentes lugares do mundo.












4 comentários:

  1. O primeiro video (especialmente), chocou-me bastante, não estava mesmo nada à espera de ver esta "tristeza", que é o que realmente ainda existe. Já tinha vários conhecimentos à cerca deste tema: "Exploração da mão-de-obra barata", mas nunca me tinha apercebido do quanto horrível podia ser isto.
    Espero que alguém tenha o conhecimento destas tristes imagens e videos e que faça algo para os ajudarem!!!
    E ainda dizemos nós que somos evoluídos...quando no Mundo existem milhares de crianças a serem exploradas desta maneira!!!!

    ResponderEliminar
  2. Alexandra Vigário nº 2 9º Dquinta jan 21, 10:14:00 da tarde 2010

    O primeiro vídeo mostra o combate ao trabalho infantil, veêm-se meninos bastante pequenos a fazerem trabalhos que nos paises desenvolvidos sao adequados para a população adulta, pois nos paises em desenvolvimento as pessoas têm de se esforçar para meterem a comida na mesa todos os dias.
    Até as crianças têm que trabalhar porque ás vezes o ordenado dos pais nao chega para tudo e os seus filhos também têm de trabalhar, para além disso as crianças por vezes conseguem fazer mais trabalho que os adultos,pois têm mais energia para trabalhar e conseguem meter-se mais facilmente, por exemplo nas grutas.

    ResponderEliminar
  3. Ao ver estes videos, todos temos de ter a noção de como a nossa vida é boa (estudantes). Todos nós nos queixamos de que a escola é uma seca e mais algumas coisas que se tivessemos a vida destes miúdos passavamos o dia de cabeça baixa e nunca falavamos o dia todo pois tinhamos de estar a trabalhar em trabalho duro. Acho que esta exploração infantil devia de ser proibida e a policia ou outro cargo responsável devia certificar-se que estas crianças andavam na escola como todas as outras...
    As crianças devem aprender todas da mesma maneira e nao desta forma. Fiquei realmente chocada com estes videos e quando falar mal da escola vou certamente lembrar-me destas imagens.

    ResponderEliminar
  4. Ana Beatriz Mendes nº3 9ºDdomingo jan 31, 03:19:00 da tarde 2010

    É realmente surpreendente o que fazem estas crianças. São apenas crianças e os esforços que já fazem para se sustentarem a si, e às suas famílias. Crianças a carregarem coisas às costas com, talvez, o dobro do seu próprio peso. O que é feitos dos Direitos das Crianças?! Como é possível os adultos tolerarem esta ESCRAVIDÃO?! O vídeo é realmente intrigante, muda literalmente a nossa visão em relação ao nosso dia-a-dia e ao que nos rodeia.

    ResponderEliminar