segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

A riqueza e a pobreza



A POBREZA

"Poverty is not just a financial state."




A RIQUEZA

Living on over $200

Fonte:http://www.worldmapper.org/display.php?selected=150


"There are the rich people in every country. The US is just a bit more extravagant about it." Heidi Hendricks, 2006


Exercício:

Compara a distribuição da riqueza com a distribuição da pobreza e comenta.

14 comentários:

  1. Inês nº10 9ºD
    A diferença entre a distribuição da riqueza e pobreza não depende dos recursos naturais disponíveis no país, da idade do país, do tamanho do país,também não tem a ver com a raça, cor de pele, diferença intelectual...
    Eu acho que a diferença tem a ver com a atitude das pessoas e da sociedade...
    Nos países ricos há pontualidade,disciplina dedicação...
    Nos países ricos apenas uma minoria segue os mesmos princípios das pessoas dos países ricos, muitas vezes também tem a ver com o sistema politico, reduzida instrução, crescimento muito rápido da população...

    ResponderEliminar
  2. Ana Mendes nº1 9ºE

    A distribuiçao da riqueza não depende apenas dos governos dos respectivos países,porque e um assunto muito dificil de controlar visto que não podemos obrigar os ricos a dar aos pobres.Mas o governo pode tentar criar medidas para que a população tenha mais algum dinheiro para poder nalguns casos sobreviver.
    Embora a historia, a cultura,e acontecimentos passados podem condiccionar a distribuição da riqueza.

    ResponderEliminar
  3. Sofia Bernardo 9ºE nº25quarta mar 16, 11:40:00 da tarde 2011

    Como podemos ver nos mapas, os países ricos são os países desenvolvidos. Estes países têm todo o tipo de regalias, pois têm dinheiro para investir em negócios, no comércio, na indùstria. Estes países dão melhores condições de vida para as pessoas e mais possibilidades de emprego. Com empregos melhores, as pessoas ganham mais dinheiro e vivem melhor. Têm mais riqueza. O PIB nestes países é alto.
    Os países pobres são, por enquanto, os países em desenvolvimento(a maior parte deles). Predomina o sector primário, o da agricultura, e este não dá muito rendimento a estes países. Não têm tantas condições boas de emprego para as pessoas e por isso não há tanta produtividade, em termos da indústria. O PIB destes países é baixo.
    Podemos dizer que os países desenvolvidos estão sempre à frente dos países em desenvolvimento, tanto no comércio como na indústria, no rendimento e também em níveis de riqueza. Os mapas representam isso mesmo.
    Sofia Bernardo 9ºE nº25

    ResponderEliminar
  4. Os mapas distorcidos informam-nos de que os Países Desenvolvidos são os mais ricos. Estes países, por serem tão ricos, podem investir em negócios, no comércio e na indústria, tanto a nível nacional como a nível internacional. A população destes países tem melhores condições de vida e existe uma maior oferta de emprego, principalmente no sector terciário, que possibilitam esse nível de vida.
    Os mapas distorcidos informam-nos de que os Países Desenvolvidos são os mais ricos. Estes países, por serem tão ricos, podem investir em negócios, no comércio e na indústria, tanto a nível nacional como a nível internacional. A população destes países tem melhores condições de vida e existe uma maior oferta de emprego, principalmente no sector terciário, que possibilitam esse nível de vida.
    Por outro lado os países mais pobres são os Países em Desenvolvimento. O nível tecnológico é muito baixo e por isso, nestes países predomina o sector primário, como a pesca ou a agricultura, estes empregos não possibilitam à população nenhuma riqueza, por isso, todo o dinheiro que ganham vai ser investido em elementos essenciais como a alimentação, e ao país nenhum rendimento para que possa ser investido no mesmo e na população.
    Ricardo Pedro nº18 9ºD

    ResponderEliminar
  5. Ruben Vilela 9ºD nº22

    No nosso planeta encontramos várias desigualdades, sendo uma a demonstrada nas figuras, a desigualdade na distribuição dos rendimentos e dinheiro criando assim países pobres e países ricos.
    Na pobreza encontra-se a maior parte do mundo, onde as pessoas vivem com poucas possibilidades e condições na vida, criando um ambiente de miséria e de preocupação enquanto que a riqueza no planeta existe em muito menos quantidade, verificando-se mais na América do Norte e na Europa, nos países com mais poder e que oferecem melhores condições de vida à população.
    A riqueza varia conforme a gestão efectuada no país onde existem governos que são bom gestores e que controlam a riqueza para o avanço da sua população e outros que não são assim tão bons, que acabam por prejudicar a população crinado a pobreza na mesma.
    A riqueza e a pobreza no nosso planeta varia muito conforme a evolução dos países, havendo neste momento mais incidência de riqueza nos países desenvolvidos do que nos países em desenvolvimento.

    ResponderEliminar
  6. Veronica de Sousa; nº26; 9ºD

    Com estes mapas podemos concluir que a riqueza está mal distribuída pelo mundo.
    Os países mais ricos correspondem aos países mais desenvolvidos e as zonas mais pobres correspondem aos países em vias de densenvolvimento. As zonas mais ricas são zonas mais desenvolvidas tanto a nível económico, como a nível tecnológico e social. São estas zonas: a América do Norte, a Europa e o Japão. As zonas mais pobres são regiões menos desenvolvidas tanto a nível económico, como a nível tecnológigo e social São estas zonas: região Asiática e Subsariana.
    A nível de exportações, os países desenvolvidos, como têm uma indústria mais desenvolvida, conseguem exportar produtos modificados, o que faz com que o seu preço suba e estes países ganhem mais dinheiro. Pelo contrário, os países em desenvolvimento têm uma indústria fraca, o que faz com que aquilo que exportam, seja muito mais barato e que, por isso, lucrem muito menos.
    Nos países ricos, a população tem um maior nível de instrução, um maior poder de compra derivado do alto PIB per capita, um nível de vida mais elevado e uma esperança média de vida mais elevada pois as condições de vida são muito melhores.
    Nos países pobres, a população tem um menor nível de instrução, um menor poder de compra derivado do baixo PIB per capita, um baixo nível de vida e uma esperança média de vida também baixa pois as condições de vida são muito piores.

    ResponderEliminar
  7. Como é possível verificar nos mapas, a maior parte da riqueza está no Hemisfério Norte, ou seja, nos países desenvolvidos, enquanto a maior parte da pobreza está no Hemisfério Sul, ou seja, nos países em desenvolvimento, tirando a Austrália e Nova Zelândia.
    É realmente incrível as grandes diferenças económicas que existem em ambos os grupos de países; é um contraste enorme.
    Os países pobres têm baixo rendimento e para que este seja elevado,como nos países ricos, é necessário um desenvolvimento e também um crescimento económico. Ao contrário dos países ricos, o que acontece nos países pobres é que existe desenvolvimento, só que este é muito lento e graças a isso, a população não consegue satisfazer as suas necessidades, sendo elas as mais básicas. Aí entrariam os governantes que criando planos poderiam desenvolver os países, e poderiam trabalhar no rendimento do país mas às vezes o problema não é o baixo rendimento que o país tem, mas sim a forma como o distribuem, sendo, assim, o PIB desses locais muito baixo.

    ResponderEliminar
  8. Como é possível verificar nos mapas, a maior parte da riqueza está no Hemisfério Norte, ou seja, nos países desenvolvidos, enquanto a maior parte da pobreza está no Hemisfério Sul, ou seja, nos países em desenvolvimento, tirando a Austrália e Nova Zelândia.
    É realmente incrível as grandes diferenças económicas que existem em ambos os grupos de países; é um contraste enorme.
    Os países pobres têm baixo rendimento e para que este seja elevado,como nos países ricos, é necessário um desenvolvimento e também um crescimento económico. Ao contrário dos países ricos, o que acontece nos países pobres é que existe desenvolvimento, só que este é muito lento e graças a isso, a população não consegue satisfazer as suas necessidades, sendo elas as mais básicas. Aí entrariam os governantes que criando planos poderiam desenvolver os países, e poderiam trabalhar no rendimento do país mas às vezes o problema não é o baixo rendimento que o país tem, mas sim a forma como o distribuem, sendo, assim, o PIB desses locais muito baixo.

    Ana Santos nº2 9ºD

    ResponderEliminar
  9. A riqueza está concentrada nos Países Desenvolvidos, enquanto que a pobreza está nos Países em desenvolvimento. Estes conceitos, embora certos, são um pouco subjectivos, porque há diferentes graus de riqeza, assim como há diferentes graus de pobreza, ou seja, em qualquer país existem desigualdades sociais, embora nuns (Países Desenvolvidos) elas sejam mais visíveis e preocupantes noutros (Países em Desenvolvimento)

    Rita Monte, nº20, 9ºD

    ResponderEliminar
  10. A riqueza pertence essencialmente aos países desenvolvidos e a pobreza aos países em desenvolvimento. A riqueza está mal distribuida no mundo. a grande maioria da população dos paises em desenvolvimento vivem mal, sem as condições básicas necessárias, como a alimentação, enquanto que os países desenvolvidos tem mais regalias e não saberiam viver sem elas.



    Joana Martins nº11 9ºD

    ResponderEliminar
  11. Através destes mapas podemos apercebermo-nos de que a riquesa está mal distrubuida, e é muito diferente de país para país. Os paises mais pobres correspondem aos paises em Desenvolvimento e os mais ricos aos Desenvolvidos e à OCDE. Nos mais pobres, normalmente, o IDH é baixo, onde o Rendimento é mal aproveitado, ou até mesmo demasiado baixo para poder proporcionar qualquer tipo de qualidade de vida. Nestes paises a esperança média de vida é baixa e a algumas pessoas não têm a possibilidade de aprendizagem. Nos paises pobres não existe Bem Estar nem qualidade de Vida. A subnutrição, a falta de vacinas, a deficiente higiene, uma assistencia médica precária e carência de alimentos são causas que levam ao aparecimento de várias doenças e epidemias. Enquanto nos paises pobres há fome e miséria, em muitos dos paises Desenvolvidos e Ricos há uma grande qualidade de vida, com avanços cientifico-tecnologicos, aliados à melhoria da alimentação, dos cuidados de hegiene, existência de uma rede hospitalar densa e de qualidade, que permitem que estas tenham uma Esp. Média de Vida maior. No entanto, nestes paises, devido aos maus habitos alimentares, ao tabaco, drogas e alcool, as pessoas têm tendencia a uma qualidade de vida inferior àquela que poderiam levar.


    Inês Azevedo 9ºE n*13

    ResponderEliminar
  12. A diferença da distribuição de acordo com o mapa representado,não está distribuído com deveria ser,pois está distribuição depende da tomada essa distribuição .Se riqueza do pais não for apostada na educação,na saúde ou seja no desenvolvimento do mesmo existirá uma grande desigualdade ao nível social.E isso pode contribuir no aumento da criminalidade .Eu acho que não justo uns ter muito e outros ter muito pouco..
    Rute correia Nº22 9ºE

    ResponderEliminar
  13. É sobretudo na região da OCDE (Organização de Cooperação e Desenvolvimento Económico), que inclui a América do Norte e os países da Europa Ocidental, que se verifica uma maior riqueza, sendo esta também também é convertida em qualidade de vida, (fazendo aumentar o IDH deste países). Porém, nos países em desenvolvimento, onde os casos mais gritantes de pobreza e de fraca qualidade de vida estão situados no Médio Oriente e nos países da África Subsariana, existem fracas condições de vida, não tendo isto de ser, necessariamente, devido à falta de recursos naturais que contribuam para o desenvolvimento e enriquecimento económico do país. Para haver qualidade de vida (e, consequentemente, bem-estar e nível de vida), para além de haver necessidade de recursos naturais, tem também de existir um investimento, convertendo a riqueza em qualidade de vida. É nestes parâmetros que entra a mentalidade das populações que, a meu ver, é o factor-chave para o desenvolvimento quer económico, quer social.

    desculpe o atraso stora

    ResponderEliminar
  14. Bá Demba Darame Nº4 9ºEsegunda abr 04, 11:02:00 da manhã 2011

    A mapa que representa riqueza, corresponde aos países desenvolvidos. A mapa que representa pobreza, corresponde aos países desenvolvidos. Nos países mais pobres o IDH é baixo. A Subnutrição, ou seja, muitas pessoas passam fome.Alguns têm maus condições na habitações a esperança média de vida é baixo.Enquanto que nos países mais ricos têm um elevado nível económico,assim como a nível tecnológico e social. São nos países tais como: a América do Norte, a Europa e o Japão

    ResponderEliminar